7 etapas para criar uma Loja Virtual de Sucesso.

O comércio eletrônico tem crescido num ritmo alucinante no Brasil. Estima-se que o comércio online faturou R$ 28,8 bilhões em 2013, o que representa 28 % a mais do que em 2012. A estimativa de crescimento para o ano de 2014 é de 20 %, e esta tem sido a média de crescimento anual desta modalidade de comércio no Brasil.

Loja Virtual

A facilidade do acesso à internet nos últimos anos, somada à grande comodidade proporcionada pelo comércio eletrônico, foram os maiores responsáveis por este crescimento estrondoso.

Além do excelente panorama vivido pelo comércio eletrônico, podemos citar outras vantagens de se ter uma loja virtual.

  • Você tem uma loja que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, gerando vendas mesmo nos domingos e feriados.
  • Não importa se você trabalha no centro de São Paulo ou numa aldeia de Roraima. Se a sua loja for bem otimizada e receber muitas visitas, ela terá uma abrangência em todo o mercado nacional.
  • Baixos custos para abrir uma loja online. O único aluguel que você paga é o da hospedagem dos arquivos do site, cujo custo é irrisório. Você não tem funcionários, a não ser que queira contratar o serviço de um webdesigner, o que é desnecessário, dada a grande qualidade visual dos templates prontos disponíveis na internet.

Por estes e muitos outros motivos, se você quer ser um empreendedor de sucesso e tem pouco capital para investir, o caminho mais recomendado para trilhar é o de abrir uma loja virtual.

Mas mesmo com todas estas facilidades, só entrar neste mercado não garante o sucesso. Justamente por ser fácil criar uma loja virtual, muitos tentam e a concorrência é grande. Alguns fatores são fundamentais para o sucesso de seu negócio online. São eles:

 

            Planejamento.

planejamento

Talvez o fator mais importante.  Para que seu empreendimento tenha sucesso, é imprescindível que você planeje cada etapa do seu negócio. Em primeiro lugar devemos analisar bem o mercado e escolher corretamente o nicho em que devemos atuar. Para acertarmos na mosca neste primeiro passo, teremos que escolher um nicho aonde não haja uma concorrência muito acirrada e ao mesmo tempo exista uma boa procura por determinado produto.

Devemos analisar muito bem a nossa concorrência. Saber aonde ela está acertando e onde está errando, para que possamos suprir estas deficiências.

Em seguida deve-se escolher um bom nome de domíno, que represente bem do que trata a sua loja e ao mesmo tempo seja composto por palavras-chave bem buscadas. Veremos estes aspectos com mais detalhes nas postagens sobre otimização.

Deve-se também planejar cuidadosamente aonde devemos repartir nossos innvetimentos. Gastar mais na reposição de estoques ou na divulgação da loja? Quanto devo gastar em uma boa plataforma para o meu comércio eletrônico?

 

            A escolha de uma boa plataforma.

Magento

A propósito, a escolha de uma boa plataforma é fundamental para o sucesso de seu e-commerce. A plataforma é o programa com o  qual toda a sua loja será construída, portanto a sua escolha terá uma influência direta no sucesso de seu e-commerce.

Existem diversos tipos de sistemas de criação de lojas virtuais como as gratuitas, tendo a prestashop e a Magento como exemplos. Temos também as de código aberto que são gratuitas, mas que exigem um alto nível de conhecimento em programação por parte do usuário e as pagas, que oferecem suporte técnico e a possibilidade de customização.

Fatores como a qualidade do suporte e o nível de segurança oferecido são os que mais devem pesar na escolha de uma plataforma.

 

 

            Design da Loja Virtual.

Design

Em matéria de design, não basta que a sua loja tenha um layout bonitinho e agradável. Mais importante ainda é que as informações estejam muito bem organizadas de forma que o cliente não se perca ou não se confunda no meio de informações desencontradas.

Crie a loja com o intuito de facilitar a navegabilidade do visitante.   Exponha seus produtos em fotos de qualidade. Exiba os preços e outras informações com clareza. Não há nada que espante mais o cliente do que a falta de clareza nas informações.

Outro aspecto importante é a escolha do servidor de hospedagem. Sua loja não pode correr o risco de sair do ar nem por um momentinho. Além disso uma loja virtual é um site altamente dinâmico com a entrada e saída de produtos a todo o momento. É necessário, portanto investir em um plano de hospedagem que ofereça suporte à criação de banco de dados.

Esqueça portanto qualquer plano baratinho. Opte por um serviço altamente confiável e profissional. Eu recomendo o serviço da Hostgator.

 

Fornecedores de confiança.

Se você for revendedor, terá que ter fornecedores de confiança.

Procure diversificar seus fornecedores, para que não fique dependente de um só. Mesmo assim só mantenha entre seus fornecedores aqueles que são recomendados por outros vendedores. Essa informação você obtém facilmente nos vários fóruns de discussão sobre importação que existem na internet.

Jamais compre de fornecedores que não aceitam intermediadores de pagamento. Esses sites te oferecem a possibilidade de reembolsar o valor, caso ocorra algum problema na remessa do produto.

Optar por fornecedores que vendem no atacado, é uma escolha bem interessante, pois tendem a aumentar a sua margem de lucro.

 

 Escolher Formas Seguras de pagamento.

Paypal-Pagseguro

Existem várias formas de pagamento que você pode implementar na sua loja. Para quem está começando é recomendável o uso de serviços intermediadores como os do pagseguro, paypal ou  bcash, pois eles oferecem a garantia de 14 dias para qualquer compra, transmitindo mais segurança para seus primeiros clientes que não conhecem você.

Neste artigo, eu ensinei como você pode criar uma conta no Paypal facilmente.

Além disso eles oferecem várias alternativas de pagamento, incluindo o boleto bancário e o parcelamento em até 12 vezes no cartão de crédito. Eles mantém parceria com as principais operadoras de cartão de crédito do Brasil e do Mundo.

Se possível inclua outras formas de pagamento como via transferência bancária, pois o aumento das opções facilita a vida do comprador.

 

Bons Métodos de divulgação.

Divulgação

Não basta utilizar uma boa plataforma, ter um bom design e incluir várias forams de pagamento se a sua loja não recebe visitas e portanto não vende.

É preciso gerar um fluxo de visitas constante, e para isso existem diversos métodos de divulgação que listamos a seguir:

Otimização para os sites de busca.

Os sites de busca devem ser a principal fonte de visitas para a sua loja, já que é um tráfego orgânico e natural que não gera custo algum, a não ser, é claro o trabalho de otimização e de geração de conteúdo novo que você deve realizar.   Muitas plataformas e templates incluem plugins que orientam o trabalho de otimização da sua loja virtual.

Mas em linhas gerais esse trabalho consiste sempre nos mesmos passos: Incluir as palavras-chave relacionadas aos seus produtos e que tem o maior número de buscas no Google na descrição de seu produto e das imagens associadas. Criar títulos com essas palavras-chave e por aí a fora. Essas técnicas serão discutidas em maior profundidade na seção sobre SEO.

Investir em SEO na sua loja virtual é a melhor escolha que você tem a fazer, pois a longo prazo você receberá um fluxo connstante e gratuito de visitantes que estão procurando justametne o que você tem a oferecer.

Links patrocinados.

Existe a possibilidade no início de você anunciar seus produtos no espaço publicitário contextual do Google, do facebook e de outros sites como o UOL e Yahoo.

Os anúncios serão exibidos cada vez que for feita uma busca com as palavras-chave relacionadas aos seus produtos ou nos perfis das pessoas que declararam ter um interesse nos mesmos. Você paga um valor simbólico cada vez que alguém clicar no seu anúncio.

A vantagem desse meio de divulgação, é que você receberá um grande fluxo de visitas de qualidade mesmo no início de sua loja.

A grande devantagem é que se você não tomar o devido cuidado, o investimento em links patrocinados pode gerar grandes prejuízos, afinal não há garantia de que os cliques recebidos se converterão em vendas. É preciso calcular bem a taxa de conversão mínima para que esse investimento seja compensador.

 

Shoppings Virtuais.

shoppings virtuais

Outra estratégia de curto prazo, já que gera bons resultados de imediato, mas que também tem um custo.     Shoppings virtuais como o do Uol e comparadores de preços como o do buscapé oferecem a possibilidade de integração com seu site, incluindo ocasionalmente seus produtos nos resultados de suas buscas.

 

E-mail Marketing.

E-mail marketing.

Depois que você realizar suas primeras vendas, é preciso cativar e conquistar estes primeiros compradores ocasionais em clientes que sempre deverão retornar a sua loja. Para isso, a cada venda você deve tratá-los da melhor maneira possível, esclarecendo todas as suas dúvidas.

É fundamental também captar seus e-mails para que você possa se manter em contato permanente com seus clientes, mantendo-os informados por meio de campanhas de e-mail marketing sobre as novidades de sua loja. Só tenha o cuidado de fazer uso das campanhas com muita moderação, para que seus clientes não se aborreçam com a publicidade ostensiva.

 

Redes Sociais

Outra fonte de tráfego totalmente gratuita. A quantidade de tráfego gerada vai depender do quanto você estará empenhado em trabalhar este tipo de divulgação. Cadastre-se no Twitter, no Facebook, e principalmente em grupos do Face relacionados à divulgação de produtos para ocasionalmente postar links que direcionem para a sua loja.

 

Logística.

logística

Agilidade na entrega dos produtos também é outro ponto fundamental para o sucesso de seu negócio. Organize bem o envio das encomendas de seus clientes, procurando realizar as entregas da maneira mais rápida possível. Se você quer fidelizar seus compradores, então não deve deixá-los esperando por suas encomendas.

Os correios e as transportadoras são os meios de entrega mais utilizados, sendo que os primeiros são a escolha mais viável para quem está começando.

Nesse caso, procure instalar em sua loja plugins que calculem o valor final do produto, incluindo o valor do frete.

Assim que o produto for postado, não esqueça de informar a seu cliente sobre o código de rastreamento gerado pelos correios. Isso o deixará mais tranquilo.

 

Conclusão.

Resumindo, além do impacto visual e de oferecer uma maior comodidade à seu visitante na navegação, o fator crucial que fará a diferença entre a sua loja e a concorrência, será a segurança transmitida aos seus futuros clientes.

É importante lembrar que no meio virtual, vendedor e comprador não estão tendo um contato direto cara-a-cara, e portanto você deve investir pesadamente em todos os aspectos que façam com que o visitante de seua loja se sinta seguro nela e que tenha certeza de não será mais uma vítima de tantos golpes que existem pela internet.

Essa confiança, além quebrar a resistência inicial, fará com o cliente sempre volte à sua loja.

 

Gostou deste artigo?  Então insira seu e-mail abaixo e receba minhas dicas e atualizações deste blog gratuitamente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *